As pessoas extrovertidas são melhores vendedoras, certo?

Afinal, elas se comunicam sem dificuldade, falam de qualquer assunto, adoram festas, são efusivas, animadas e geralmente muito confiantes.

Recebi esta pergunta de uma leitora do blog e achei uma ótima oportunidade para esclarecer o tema.

– Para vender preciso ser extrovertida? Os extrovertidos vendem mais?

Sim, foi este o entendimento comum por muitos anos, mas quando os estudiosos resolveram pesquisar seriamente sobre o assunto descobriram que não é bem assim.

Pessoas extrovertidas realmente levam certa vantagem sobre as introvertidas quando se trata de vendas, mas o que se verificou é que esta vantagem não era tão significante quanto se imaginava.

Se por um lado os introvertidos podem ter dificuldade para iniciar uma abordagem ou para fechar uma negociação, por vergonha ou timidez, por outro lado, os extrovertidos correm o risco de enfrentar a rejeição dos pretensos clientes justamente por falarem demais e ouvirem de menos, soando como invasivos, irritantes, insistentes e até mesmo insensíveis.

Afinal os clientes de hoje possuem amplo acesso às informações e várias ferramentas de pesquisa, comparação e avaliação dos produtos e serviços e já não admitem aquela “forçada de barra” do vendedor.

O segredo é o equilíbrio

Como em muitas outras áreas da vida, a virtude está no meio!

As ciências do comportamento humano nos ajudaram a compreender que há uma terceira opção: os ambivertidos.

E antes que você pergunte: que pitomba é essa??? eu explico: o ambivertido transita no meio da escala entre o introvertido e o extrovertido.

É aquela pessoa que sabe a hora de falar e a hora de calar, que consegue induzir sem forçar, argumentar sem insistir demais, abordar sem ser invasiva, usar de sensibilidade e, por todos estes motivos, desenvolve uma maior capacidade de sintonizar com o cliente e enxergar através do ponto de vista dele, o que, comprovadamente, faz dela uma vendedora com melhores resultados financeiros.

E sabe qual é a melhor notícia?

A maioria de nós é ambivertido!

Da outra vez que você cair na armadilha de ficar se comparando às pessoas que já chegam “abafando” e parecem não ter problema nenhum para se relacionar com quem quer que seja, lembre-se desta dica: muitos de nossos melhores e mais bem pagos artistas de teatro, cinema e televisão são pessoas reservadas e até mesmo tímidas. Eles apenas sabem a hora certa de brilhar.

Acredite em você, capacite-se e venda mais!

 

(imagens Crayonstock)